A flor do sonho, alvíssima


a flor do sonho alvissima
A flor do sonho, alvíssima, divina
miraculosamente abriu em mim.
Fosse florir em um muro em ruínas!
Não posso entender como, enfim,
essa rara flor abriu em mim.
Que sejam tristes os meus olhos,
tristes pelo amor em ti.
Tenho esperança que esta flor
abra em ti...

Código para enviar este recado ao Facebook

Clique com o botão direito do mouse e selecione copiar ou clique em "Ctrl + C".
Abra sua linha do tempo ou de um amigo,
selecione colar ou aperte "Ctrl + V".

Leia também:

Você também pode gostar de:

Deixe uma resposta