Noites de junho


Composição: Alberto Ribeiro e João de Barro

Noite fria, tão fria de junho Os balões para o céu vão subindo Entre as nuvens aos poucos sumindo Envoltos num tênue véu Os balões devem ser com certeza As estrelas aqui desse mundo As estrelas do espaço profundo São os balões lá do céu Balão do meu sonho dourado Subiste enfeitado, cheinho de luz Depois as crianças tascaram Rasgaram teu bojo de listas azuis E tu que invejando as estrelas Sonhavas ao vê-las ser astro no céu Hoje, balão apagado, acabas rasgado Em trapos ao léu

Código para enviar este recado ao Facebook

Clique com o botão direito do mouse e selecione copiar ou clique em "Ctrl + C".
Abra sua linha do tempo ou de um amigo,
selecione colar ou aperte "Ctrl + V".

Leia também:

Você também pode gostar de:

2 Comentários

  1. luzia disse:

    Nossa que bom voltar ao passado e ler sobre essas músicas de São João parece que estou vendo as festas deSão João,no quintal da casa dos meus pais todos curtindo,que lindo,fiquei realmente feliz,obrigada

  2. lucia sena, disse:

    Eu amo o mês de junho primeiro, por que faço aniversário, e adoro as quadrinhas,beijão!

Deixe uma resposta